Violência Policial
Foram presos preventivamente dois policiais militares acusados de matar dois jovens durante abordagem no município de Belford Roxo, município da Baixada Fluminense (RJ)
Opera Instantâneo_2020-12-14_084433_www.brasil247.com
PMs assassinando jovens na Baixada Fluminense | Foto: Reprodução
Opera Instantâneo_2020-12-14_084433_www.brasil247.com
PMs assassinando jovens na Baixada Fluminense | Foto: Reprodução

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (RJ) prendeu, de forma preventiva, dois policiais militares acusados de matar dois jovens na madrugada de sábado (12) em Belford Roxo. Em audiência de custódia, o juiz Rafael de Almeida Rezende disse que, apesar de as imagens mostrarem os jovens sendo algemados, “tal ocorrência não foi registrada em nenhuma delegacia, tampouco encaminhada a outro órgão, tendo os policiais deixado o plantão respectivo sem nada relatar a seus superiores”.

De acordo com informações publicadas pelo jornal Extra (RJ), a perícia encontrou o que parece ser sangue nos tapetes da viatura e no chão onde ocorreram as abordagens.

“Há fortes indícios de que os custodiados, com o objetivo de encobrir uma abordagem policial malsucedida, deram cabo da vida das vítimas de forma a ocultar suas condutas pretéritas, restando evidente que a prisão cautelar é necessária para a garantia da ordem pública”.

Os PMs negaram ter atirado e disseram que faziam a abordagem ao carro branco “em atitude suspeita tendo em vista o horário e o local em que o veículo estava estacionado”, quando a moto passou.

Segundo os militares, os jovens seriam levados à delegacia para averiguação, mas foram liberados “uns 40 metros depois”, pois os agentes “concluíram que os indivíduos não tinham problema nem a motocicleta que usavam”. Os policiais afirmaram que “não é usual a liberação de suspeitos antes de chegarem na delegacia ou em outro órgão”.

Relacionadas
Send this to a friend