PM: perícia comprova que arma encontrada com sargento da PM foi utilizada em 17 assassinatos

sargento

Da redação – Mais uma situação perícia constata que um PM está envolvido em milícia e 17 assassinatos. A arma encontrada com o sargento Edson Vieira Fernandes durante uma abordagem da Polícia Civil em Gurupi, no sul do estado de Tocantins, foi utilizada em pelo menos 17 homicídios nos últimos anos.

O militar foi preso em outubro, denunciado por envolvimento nos assassinatos de Neuralice Pereira de Matos e Nataniel Glória de Medeiros.

O caso dos dois citados acima, aconteceu na mesma noite, quando a polícia abordou o sargento Gustavo Teles – que estava na moto com Edson Vieira – em uma moto, entrando em conflito que levou a morte de Teles. Com os dois militares a polícia encontrou o revólver usado para matar as duas vítimas naquela noite.

As outras pessoas que foram mortas com a mesma arma são: Virgílio Lustosa de Paula, Jefferson Moura Ribeiro, Thais Araújo da Silva, Wdson Regis Gonzaga, Thays Alves Bispo, Wesley Oliveira da Luz, Elizair Maciel, Otacilio Soares da Rocha, Luciana Menezes Barbosa, Ofélio dos Santos Pereira, Marco Túlio Sousa da Silva, Rogaciano da Rocha Santos, Manoel Pereira da Silva, Getúlio Ferreira Martins e Josildo Costa dos Reis.

É desta forma que atua a PM, assassinando a população.