Intimidações no Campo
Acampamento Manoel Ribeiro são ameaçados por pistoleiro e Policiais em Rondônia.
intimidacao_pm_out
Policiais Militares se aproximando do acampamento Manoel Ribeiro | Resistência Camponesa
intimidacao_pm_out
Policiais Militares se aproximando do acampamento Manoel Ribeiro | Resistência Camponesa

O acampamento Manoel Ribeiro, localizado no município de Chupinguaia (RO) seguem sofrendo tentativas de intimidação e ameaças de pistoleiros e policiais militares à serviço de latifundiários da região. Na tarde do dia 17 de janeiro pistoleiros do latifúndio Nossa Senhora passaram encapuzados e agachados em carros pelo entorno simulando operações militares.

Segundo matéria publicada no sítio Resistência Camponesa, no dia 02/01, 5 viaturas com 25 policiais da polícia militar, polícia ambiental e Força Nacional circularam pelas proximidades do acampamento passando inclusive pela entrada. A polícia militar, alguns sendo relatados pelos camponeses como não sendo da região, perguntam durante as batidas sobre a existência de armas no acampamento e se eram conhecidas as lideranças do local. Os camponeses ainda relatam no mesmo dia o roubo de uma arma de caça, item necessário e comum á atividade cotidiana de caça e proteção contra animais selvagens.

A área do acampamento Manoel Ribeiro foi tomada pelos camponeses há cerca de seis meses, desde então a polícia ameaça aos ocupantes com o pretexto cínico de monitoramento de crimes nas regiões próximas. o local conta com a presença de cerca de 200 famílias e foi tomado devido ao agravamento da crise econômica e como parte da guerra brutal entre latifundiários e camponeses.

Todo apoio ao acampamento Manoel Ribeiro e à LCP contra as empreitadas assassinas dos latifundiários, apoiados pelo regime fascista de Bolsonaro.

Relacionadas
Send this to a friend