O comércio ambulante vai lutar
Criada para reprimir o povo quando se une contra o estado burguês nas ruas, ela também impede o povo de sobreviver através do trabalho como ambulante precário.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
08194c80572566c616027156e28647b8 (1)
Protesto de ambulantes em São Luiz | Foto: Portal bom lugar

Os portais Globo Play e G1 SP, da imprensa golpista, informam que a PM de São Paulo, do Doria (PSDB), iniciou hoje operação contra o comércio ambulante na região do Brás. A operação vai até o final do ano e também vai interditar algumas ruas para o trânsito de automóveis, com o objetivo de facilitar as compras de final de ano pela população.

O coordenador da operação da PM se refere a esse tipo de comércio de “atividade ilícita” e tem como objetivo impedir que essa atividade aconteça até o final do ano, quando as vendas voltam ao normal. E ainda informa que a operação servirá de apoio à prefeitura para proibir o comércio irregular, além de melhorar o fluxo de pessoas durante as compras, e solicita que as pessoas usem transporte público para irem até o local.

Essa é a PM que conhecemos, sempre pronta a atacar os trabalhadores e a população duramente, sendo uma das polícias que mais matam no mundo. O alvo principal, até o final do ano, no Brás, serão as pessoas, que para sobreviverem na pior crise econômica da história, compram alguns produtos, ou pegam em consignação para revender e assim conseguir se manter e à sua família.

Em sua maioria são pessoas que moram na periferia, em favelas ou assentamentos, que têm as piores condições de moradia. São frequentemente visitadas pela PM em operações de chacina, desocupações e todo tipo de violência por parte do estado, alegando sempre que são todos criminosos, bandidos e não merecem viver.

Com toda essa situação de desemprego generalizado, na crise econômica e da pandemia, o meio de sobreviver é no comércio ambulante, é isso ou morte por fome e miséria. O estado fascista não permite nem mesmo que usem esse tipo de trabalho para garantir a sobrevivência. Querem que morram de fome e sem tentar qualquer coisa para poder viver. Tem que morrer quieto, calado, sem reclamar. Um verdadeiro terror imposto aos operários.

Os ambulantes precisam se organizar em conselhos de autodefesa para se proteger dos ataques constantes desta PM assassina do povo, e assim poderem ganhar seu sustento e garantir que continuem a sobreviver apesar do estado fascista.

Por toda a história nefasta de atuação da PM nos movimentos sociais, nas lutas dos trabalhadores contra a opressão e escravização por parte dos seus empregadores sanguessugas, que recebem constantemente, balas, bombas de gás, cassetadas, prisões e espancamento, é que achamos que essa polícia deve ser extinta e criado em seu lugar policiamento organizado pela população sob seu controle.

É urgente acabar com esse aparato de repressão do estado, que tem como único objetivo, manter os ricos no poder. E para isso reprimem com extrema violência a população que quer acabar com a exploração, quando vão às ruas lutar pelos seus direitos e querendo pôr abaixo toda essa estrutura capitalista de dominação e exploração.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas