Siga o DCO nas redes sociais

Pistoleiros atacam acampamento do MST no Rio Grande do Norte

Pistoleiros fortemente armados atacaram o acampamento Independência, no município de Macaíba, no Rio Grande do Norte. As cerca de 50 famílias foram surpreendidas com um grupo de pistoleiros encapuzados que invadiram o assentamento atirando em direção das famílias.

Os pistoleiros gritavam para as famílias sem-terra que eles tinham uma semana para desocupar a área do acampamento, numa clara ameaça de morte e de aumento da violência.

A terra no acampamento Independência fica as margens da represa de Tabatinga, sendo já desapropriada pelos órgãos competentes e aguarda o tramite legal para se transformar num assentamento da reforma agrária.

Esse ataque vem acompanhado do aumento exponencial da violência do latifúndio e do estado contra os camponeses e sem-terra em todo país após o golpe de estado realizado pela direita em 2016. Fato que está garantindo esse aumento da violência e da ofensiva do latifúndio.

É preciso denunciar e enfrentar os pistoleiros e latifundiários da maneira que for necessária para defenderem suas famílias e seus direitos conquistados.

Está na ordem do dia o enfrentamento e derrota dos golpistas, e também a garantia do direito de autodefesa dos trabalhadores sem-terra contra a violência do estado e dos latifundiários.