Pistoleiros assassinam dois militantes do MST dentro de acampamento na Paraíba

mst assassinato

Na noite deste sábado, dois militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) foram brutalmente assassinados por pistoleiros na Paraíba. Os militantes José Bernardo da Silva, conhecido por Orlando, e Rodrigo Celestino foram atacados por pistoleiros fortemente armados e encapuzados dentro do Acampamento Dom José Maria Pires, no município de Alhandra.

As testemunhas informaram que os pistoleiros chegaram no acampamento procurando Orlando e Rodrigo, mandando todas as outras pessoas saírem de perto. Chegaram a render os dois militantes e executaram com vários tiros. Após a execução saíram tranquilamente do acampamento.

A execução dos militantes do MST dentro do acampamento revela que os latifundiários estão se sentindo à vontade para atacar os trabalhadores sem-terra. Os trabalhadores sem-terra estão na mira dos bolsonaristas e serão os primeiros a serem atacados e de forma ainda mais violenta.

Fica evidente a necessidade da formação de comitês de autodefesa dentro de cada acampamento e assentamentos do MST e de outros movimentos para evitar novos assassinatos e lutar contra os golpistas e a extrema direita assassina.