Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
petroleiros_greve-496x330
|

A Federação Única dos Petroleiros anunciou nessa última sexta-feira, dia 26, greve de advertência por 72h a partir do dia 30 de maio, próxima quarta-feira. A Federação tem como pauta baixar preços do gás de cozinha e dos combustíveis.

Muito importante destacar que a FUP ao anunciar a greve ressaltou que o movimento também reivindica a retirada imediata das tropas militares que estão instaladas na Petrobrás, a saída de Pedro Parente e outrossim considerando como os principais responsáveis pela crise que o país passa nesse momento Michel Temer e o regime golpista instalado juntamente com a privatização da Petrobrás.

Os petroleiros já iniciaram, nessa última semana, campanha pela greve em diversos setores vinculados a Federação. Sendo que no dia 23, última quarta-feira, a refinaria Gabriel Passos em Betim/MG parou suas atividades por 8 horas.

A campanha pela greve é importantíssima. O momento é de greve geral. Os caminhoneiros estão atingindo uma semana em greve em todo território do país e com o apoio da Central Única dos Trabalhadores, um apoio também de suma importância.

Para a conquista efetiva das reivindicações, que coincidem, afinal todos somos afetados pelo mesmo golpe de estado, a CUT também deve se somar iniciando imediatamente campanha em todas as suas categorias convocando greve geral. Além disso, a greve dos petroleiros, assim como a dos caminhoneiros e de todas as categorias que se somarem, deve ser por tempo indeterminado – até a conquista das reivindicações, até derrotarmos o golpe (raiz da crise generalizada no Brasil).

O golpe só pode ser derrotado através de uma grande e persistente mobilização e o atual clima de greve no país é perfeito para isso. O que deve determinar o fim do movimento é a conquista efetiva das reivindicações. Esse momento não pode ser desperdiçado. Pois o golpe, se não for derrotado de uma vez por todas, dará prosseguimento na privatização da Petrobras acirrando a crise econômica que já tanto aflige os brasileiros.

Sendo assim, o sentido oposto ao golpe é a total estatização da Petrobras. Chegou o momento de realizar greve geral no país até a derrota do golpe, até a estatização da Petrobras. Greve dos caminhoneiros, petroleiros e de todas as categorias vinculadas a CUT por tempo indeterminado.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas