Petroleiros de MG lideram greve nacional contra os golpistas

greve-caminhoneiros-2-1

Em frente à refinaria Gabriel Passos, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, houve agora à tarde uma assembleia no Sindicato dos petroleiros decidiram paralisar suas atividades por 8 horas. O coordenador do Sindpetro de Minas Gerais, Anselmo Braga, explicou que os petroleiros estão construindo uma grande greve, a maior da história da Petrobrás, contra o preço abusivos dos combustíveis. Não é uma greve por salários, entenda-se, nem por benefícios ou privilégios, é bom que a população saiba, mas para que o gás de cozinha volte a custar o que custava antes. Trata-se de uma greve em nome da baixa da gasolina e do diesel, contra a atual política econômica do governo, neoliberal.

Anselmo disse que a greve é para que os petroleiros POSSAM TRABALHAR. As refinarias estão trabalhando com carga baixa a mando do governo para que os importadores vendam combustível mais caro para o país.