Vídeo
Os petroleiros devem aderir ao chamado do companheiro, paralisar todas as suas atividades e ocupar as refinarias
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
EP8x5wTXUAEFZ1M (1)
Petroleiros da Bacia de Campos paralisaram 13 plataformas até agora. Foto: Sindipetro NF/Twitter |

Da redação – Já são mais de 30 unidades operacionais em dez estados que estão paralisadas desde o início da greve dos petroleiros, no último sábado (01). No total, mais de 15 mil trabalhadores do setor cruzaram os braços.

Em resposta aos ataques da direção bolsonarista da Petrobras e do ministro fascista do TST, Ives Gandra, os petroleiros estão ampliando o movimento grevista. Em vídeo, o diretor do Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro-BA), Radiovaldo Costa, chamou à unidade da categoria, para aprofundar a greve, com a adesão de todos os trabalhadores do País.

Os petroleiros devem aderir ao chamado do companheiro, paralisar todas as suas atividades e ocupar as refinarias, impedir a produção e as atividades da Petrobras, tomar o controle da empresa para si, a fim de demonstrar sua força contra as demissões, a privatização e pelo Fora Bolsonaro. Somente derrubando o governo ilegítimo será possível abrir caminho para a retomada da soberania da Petrobras e ao atendimento dos interesses da classe operária.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas