Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A crise da dominação imperialista se aprofunda cada vez mais. Agora, na questão da moeda. Os dois principais países nacionalistas do mundo, Rússia e China, decidiram inventar uma nova moeda, o Petro-yuan. Os chineses são os maiores consumidores do petróleo Russo. Porém, a maioria das negociações são feitas em dólar. O Petro-yuan servirá como moeda de troca para os dois países que mantêm diversos acordos de grande envergadura.

Isso reduz a dependência Russa e Chinesa ao dólar, já que as exportações de petróleo, que beiram as 60 toneladas por ano, agora poderá ser feita com uma moeda diferente. Na verdade, esse fato comprova que existe uma tendência à reação ao imperialismo mundial. A Rússia e a China estão se mantendo fortes diante da opressão imperialista que cada vez mais procura enfraquecer esses governos.

Recentemente, iniciou-se uma campanha geral do imperialismo contra o governo russo, de Vladimir Putin. Diversos diplomatas russo foram expulsos de dezenas de países, além da Copa que lá acontecerá começar ter sido boicotada, em uma clara provocação ao governo Russo, que foram acusados sem provas de terem matado um espião no território inglês. Isso apenas para citar uma das ofensivas mais recentes que está havendo contra os russos, e sem entrar no que está sendo feito cotidianamente contra os chineses.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas