hospital_municipal_luiz_palmier
|

No último domingo (13), uma paciente internada no Hospital Luiz Palmier, em São Gonçalo,  foi diagnosticada com a presença da bactéria que causa a peste bubônica, também conhecida como peste negra. A mulher, de 57 anos, deu entrada no Pronto Socorro Central no dia 22 de dezembro, e encaminhada para o hospital com insuficiência cardíaca.

A paciente teve que ser isolada para evitar contaminação, e está sendo tratada com antibióticos. A peste negra é transmitida por bactéria presente em ratos e contamina os humanos por meio de pulgas, que picam os roedores e depois picam os humanos. Essa doença foi causadora de uma devastação na Europa e na Ásia durante a Idade Média, matando entre 75 e 200 milhões de pessoas, segundo estimativas.

Não é por acaso que doenças erradicadas estejam ressurgindo no Brasil e em outros países desde que a crise capitalista começou a se aprofundar. No Brasil, a solução do imperialismo para a crise foi dar um golpe de Estado e colocar um governo de direita para cortar os gastos públicos. É o chamado “neoliberalismo”, receita que nunca entregou o que promete em lugar nenhum mas que deixa banqueiros, grandes especuladores e monopólios mundiais muito satisfeitos.

As consequências para o povo são inimagináveis. Caso Bolsonaro consiga continuar intensificando essa política, a extrema-direita deixará um cenário de completa devastação no país. Por isso é preciso se organizar para lutar contra os golpistas e a direita.

Relacionadas