Pandemia
Opinião do pesquisador vai de encontro à pressão dos capitalistas
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
gauss
Gauss Cordeiro, professor de Estatística da UFPE. | Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

De acordo com Gauss Cordeiro, professor do Departamento de Estatística da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) a epidemia de coronavírus e seus efeitos devem durar muito mais do que tem sido dito na imprensa burguesa.

“Muitos dizem que essa pandemia chega ao fim em junho ou julho. Eu gostaria era que terminasse amanhã; ledo engano. Ela vai se estender por 2021″.

Cordeiro ainda destacou que, dadas essas condições, o correto seria que as aulas na UFPE só retomassem no ano seguinte:

“Se voltarem, surgirão novos infectados e mortes. Mesmo os jovens, com imunidade maior, chegarão em casa e contaminarão pai, tio, avô e assim por diante”.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas