Dossolução da Polícia Já!
A pesquisa ressalta o que ja é conhecido pelo povo. A PM, a regional e a civil são fascistas. Agora é a hora de lutar pela sua dissolução completa
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
desfile8
Polícia militar orgulhosa de seu papel como aparato de repressão da população | Foto: ALESE

Estudo realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Publica (FBSP), junto com a empresa de Inteligencia de Dados Decode, aponta que a policia militar, aparatus repressor do estado brasileiro e, mais especificamente, cães de guarda do governo Bolsonaro, tem alinhamento declaradamente fascista, e são bolsonaristas principalmente. A pesquisa demonstra que pelo menos 41% dos policiais militares de baixa patente são bolsonaristas, 12% apoiando ainda uma didatura aberta.

Os supostos “41%” dos policiais militares fascistas de baixa patente, ou seja, soldados, cabos, sargentos, ativamente interagem com o grupo político de Bolsonaro. 12% dos PM suportam o fechamento do STF de acordo com a pesquisa, o número dado pela entidade ainda diminui dependendo das categorias policiais, com 7% dos policiais civis e com 2% dos policiais federais a favor do fechamento do STF, que neste momento representa o suporte a ditadura aberta e declarada.

É importante ressaltar que esse tipo de pesquisa geralmente oculta o numero real baseado em peculiaridades do estudo. O próprio presidente do FBSP declarou, por exemplo, que “não há problema que policiais tenham afinidade com forças políticas conservadoras”, desde que elas se alinhem diretamente com a burguesia, é claro. O número real de policiais que são fascistas decididamente, pela experiência popular diária, é muito maior.

Por exemplo, um dos dados de pesquisa foi a separação entre policiais que abertamente interagem em ambientes bolsonaristas e os que não o fazem, por outro lado não se pode dizer que estes, que não fazem interação com estes “ambientes”, não incorporam mesmo assim a ideologia fascista característica de sua profissão, o que é claro dificultaria a execução de seu trabalho.

A pesquisa claramente surge de uma necessidade de elementos burgueses de controlar Bolsonaro e as categorias pequeno-burguesas que o seguem, por outro lado estes elementos se encontram em um impasse, pois se demonstrarem a natureza fascista e “anti-democratica” real da polícia, poderão dar ênfase a luta que atacará seu aparelho repressor favorito. Com ou sem Bolsonaro, com policiais “democráticos” ou abertamente fascistas, a pesquisa ressalta a experiência histórica que já é conhecida pelo povo. As Polícia Militar, a Civil e Regional são todas facistas. Agora é a hora de lutar pela sua dissolução completa, pelo fim dessa máquina genocida e bolsonarista contra o povo.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas