Contra afirmação da OEA
Constatou que o resultado era idêntico à porcentagem que o presidente eleito conquistou quando as urnas retornaram a contagem.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
10morales-falls-sub-videoSixteenByNine3000
Foto: Manuel Claure/Reuters |

Da redação – Estudo do Center for Economic and Policy Research (CEPR), que tem sede em Washington, refutou a Organização dos Estados Americanos (OEA), que afirmou ter havido fraude nas eleições bolivianas que reelegeram Evo Morales.

De acordo com o levantamento do CEPR, no momento em que a contagem foi interrompia, com 83,85% das urnas apuradas, Morales já possuía grande vantagem com relação a seu opositor, Carlos Mesa. Além disso, uma projeção com os votos que ainda precisavam ser apurados, e constatou que o resultado era idêntico à porcentagem que o presidente eleito conquistou quando as urnas retornaram a contagem.

“As conclusões  desta projeção estatística são consistentes com os resultados oficiais  da contagem eleitoral na Bolívia (que mostra a vitória de Morales com  uma margem de 10,5 pontos percentuais)”, relata a pesquisa, que também afirmou que os resultados da contagem oficial seguiram uma tendência  similar aos da contagem rápida.

Evo Morales foi deposto neste domingo (10) por um golpe militar. Momentos antes de sua renúncia, o chefe militar Williams Kaliman pediu a renúncia de Morales como forma de intimidação. Agora, militares e policiais golpistas, junto com bandos de extrema-direita, estão nas ruas reprimindo o povo, que está reagindo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas