Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Former Brazilian president Luiz Inacio Lula da Silva gestures during an interview with AFP at Lula's Institute in Sao Paulo, Brazil, on March 1, 2018. / AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA
|

Em mais uma medida arbitrária da ditadura dos tribunais, o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná negou o direito do ex-presidente Lula  votar na sede da Policia Federal de Curitiba, onde Lula encontra-se preso. Utilizando-se de uma desculpa burocrática, a determinação impede que Lula possa, inclusive,  exercer o seu direito politico mais básico que e votar nas eleições, o que e legitimo de acordo com a lei no caso de pessoas em que o processo ainda não transitou em julgado.

Tal fato e uma demonstração de que a politica de abaixar a cabeça para as ameaças dos golpista somente leva ao aprofundamento dos ataques da direita, ou seja, do verdadeiro estado de exceção que se impõe sobre toda a população brasileira neste momento.

Isso mostra que não adianta sair da eleição, os golpistas não descansa, que não adianta por o candidato que o golpe queria, nada disso ajuda Lula, apenas deixa a direita mais à vontade.

A cada capitulação, a cada derrota perante os golpistas, a direita se fortaleceu e aprofundou sua politica ditatorial contra a população, de retirada de direitos, de colocar fim as liberdades politicas, de fortalecer os cães raivosos da extrema-direita contra a militância de esquerda e suas organizações, haja vista os inúmeros atentados contra ativistas, militantes e lideranças de esquerda que ocorreram após o golpe.

A substituição de Lula por Haddad foi mais uma capitulação diante da chantagem dos golpistas. Essa politica somente poderá levar a uma maior ofensiva da direita contra a esquerda, o que já começou a ocorrer um dia após a troca da chapa petista.

A única saída que pode levar a uma derrota dos golpistas não é a submissão, mas o enfrentamento contra o regime. Lula e principal liderança popular do pais, tem o apoio de milhares e milhares de brasileiros, de seus movimentos de luta, sindicatos e partidos. E preciso mobilizar nas ruas essa gigantesca forca popular e impor por meio da mobilização das massas a derrota do golpe de estado, exigir a liberdade de Lula e seu direito a ser candidato.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas