Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
|

No início do dia de 1° de maio, ocorreu um incêndio super suspeito em um edifício no centro da cidade de São Paulo, ocupado pelo Movimento da Luta Social por Moradia (MLSM), ocasionando seu desabamento.

A imagem da tragédia que provocou várias mortes, foi utilizadas pela imprensa golpista no Brasil para que a direita nacional defendesse a retirada de todos os sem-tetos das centenas de prédios ocupados no centro da cidade.

A tragédia que possui vários indícios de ter sido um incêndio criminoso, colocou nos holofotes o MTST, a sua coordenação,representada pelo presidenciável Guilherme Boulos.

A perseguição realizada, após o incêndio, ao MTST pela imprensa golpista, preparando a repressão da polícia ao movimento, faz parte do programa dos golpistas contra os movimentos sociais.

Após a prisão de Lula, os golpistas vem procurando cada vez mais atacar aqueles que se opõe ao golpe.

O MTST é a porta de entrada para repressão em outros movimentos. Os golpistas encaram como questão de vida ou morte a necessidade de acabar com qualquer movimento social, após o MTST, os golpistas tem como objetivo a perseguição dos militantes e das suas organizações.

O movimento sindical está na mira também dos golpistas, é necessário que os movimentos sociais se coloquem lado a lado com o MTST e das outras organizações de luta por habitação, combatendo os golpistas e a direita que não vão se contentar apenas com a prisão de Lula, mas querem neutralizar todos os movimentos sociais.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas