Pernambuco: governo do PSB está destruindo o programa Passe Livre

governador de Pe

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara do PSB (Partido Socialista Brasileiro) está deixando de depositar o dinheiro do passe livre dos estudantes, enquanto mantém em dia o pagamento dos juros da dívida do governo do Estado com os parasitas banqueiros.

Os estudantes secudaristas do Estado de Pernambuco estão a ponto de irem para as ruas contra o ataque que o governador do PSB está fazendo à educação em Pernambuco, um ataque que tem o mesmo caráter agressivo aos estudantes, como o ataque que está sendo feito pelo governo golpista de Jair Bolsonaro que cortou 30% das verbas públicas na educação do Brasil.

Esse diário já havia alertado que os governadores do Nordeste, eleitos nas eleição de 2018, apesar de terem sido eleitos com o símbolo de esquerdistas, eles vêm realizando a mesma política de ataques aos direitos fundamentais da população desses estados.

No caso de Pernambuco, Paulo Câmara ainda teve o apoio declarado do PT, que sequer lançou candidatura própria nas eleições de governador de Pernambuco  em 2018, para justamente entregar sua base eleitoral para o candidato do PSB.

O PSB, em sua maioria, apoiou o golpe de Estado de 2016 que retirou do governo o PT para impor os golpistas que culminou nas eleições de Bolsoanro, também vem sendo importante aliado do PSDB em São Paulo, no entanto, organizações da esquerda pequeno burguesa no Brasil insiste em apontar o PSB como alinhado com a esquerda nacional, um contrabando explícito.

O PSB é um partido que funciona como uma sublegenda de partidos burgueses como o PSDB, além de agrupar diversos políticos oportunistas e picaretas da política burguesa, como Paulo Câmara, que nesse momento está alinhado à máfia do transporte público de Pernambuco, contra os estudantes e a população usuária do serviço de transporte público.