Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
unnamed (2)
|

A greve dos caminhoneiros já conseguiu atingir todo o país, denunciando nacionalmente uma das consequências do golpe: a alta absurda do preço do combustível. Em Pernambuco, a paralisação dos caminhões e os bloqueios sobretudo no Porto de Suape fizeram com que vôos fossem cancelados no Aeroporto Internacional dos Guararapes e que 50% da frota de ônibus saísse de circulação na Região Metropolitana do Recife.

No dia 23, uma liminar foi emitida obrigando o fornecimento de combustível ao Aeroporto dos Guararapes. No entanto, a medida não foi cumprida, pois os caminhoneiros se recusaram a tirar os caminhões de Suape. Firmes no protesto contra o abuso do governo golpista, os caminhoneiros permaneceram em greve em Suape.

Ontem, foram enviadas as Forças Armadas para obrigar os caminhoneiros a permitir que caminhões abastacessem o Aeroporto dos Guararapes. Até o fechamento desta edição, a investida do Exército ainda não havia chegado a um desfecho.

É necessário permanecer em protesto à alta do preço do combustível é intensificar a luta contra a privatização da Petrobras.

Não à privatização da Petrobras! Abaixo o golpe! Não ao golpe militar!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas