Genocídio negro
Estudo leva em conta dados oficiais e mostra a realidade do atual regime político. A máquina de matar da burguesia elimina negros e pobres sob a cobertura da lei.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Polícia Militar de Pernambuco (Foto Divulgação)
Polícia de Pernambuco | Foto: Divulgação PM-PE

Dados divulgados nesta quarta-feita (09) pela Rede de Observatórios de Segurança Pública mostram que, das 74 pessoas assassinadas pela polícia em 2019, 68 eram pretos ou pardos, apenas cinco brancos e uma pessoa com cor não identificada.

Os 74 assassinatos são o dobro das mortes do ano de 2015, aponta o estudo e, neste ano já são – segundo a Secretaria de Defesa Social (SDS) – 101 assassinatos, sendo 98 pretos e pardos e cinco brancos.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas