Pernambucano é premiado na Argentina por filme sobre Nazaré da Mata

maracatu

Tiago Melo, cineasta pernambucano, recebeu o prêmio de melhor Diretor no Festival Internacional de Cinema Independente de Buenos Aires pelo filme Azougue Nazaré. O filme, gravado em Nazaré da Mata, cidade do interior de Pernambuco, já havia sido vencedor também no Festival de Roterdã, sendo eleito o melhor filme da mostra Bright Future, uma mostra dedicada para novos talentos e temáticas originais.

Azougue Nazaré é uma produção que conta com a participação em seu elenco de músicos locais, destacando-se Valmir do Coco. Também participam integrantes do maracatu local, dando contexto ao enredo, que lida com uma série de questões no período que antecede o carnaval. O enredo também traz tramas e traz tramas, tensões amorosas e acontecimentos sobrenaturais na cidade.

Nazaré da Mata é palco de várias manifestações culturais, das quais a mais célebre é o maracatu rural. Oriundos dos engenhos do interior pernambucano, os fundadores dos maracatus rurais eram trabalhadores do canavial e cortadores de cana-de-açúcar.