Aumento do desemprego
Os pedidos do benefício aumentaram 22% em relação ao mês de abril de 2019. Aumento contraria ideia do governo de que suspensão de contratos diminuiria o desemprego
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
paulo-guedes-bolsonaro-02122019190659819
Bolsonaro e Guedes |

Da redação – O aumento de pedidos de seguro-desemprego de 22% no Brasil demonstra como o desemprego tem aumentado no Brasil. O aumento é relativo ao mês de abril de 2019. Apesar de a pandemia ter influenciado, o desemprego já vinha crescendo no Brasil governado pelo fascista Jair Bolsonaro.

O crescimento no pedido do auxílio faz cair por terra o argumento do governo de que com a suspensão dos contratos de trabalho durante a pandemia faria com que os empregos fossem preservados. Na verdade, o que vemos é que os patrões suspendem o contrato de uma parcela de seus trabalhadores e mandam embora outra parte.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas