HAMBURGUER CE1920
SHARE

É preciso intensificar campanha por novas mobilizações

Atividades do PCO

PCO realiza curso de formação teórica para a luta prática

A Escola Marxista é uma iniciativa do Partido para levar o marxismo às cidades

Curso dado em Araraquara, em 2019 – Foto: Diário Causa Operária

Publicidade

Nas próximas semanas, o Partido da Causa Operária continuará com a sua Escola Marxista, que teve início no mês de abril. Trata-se de uma importante iniciativa no sentido da formação política de seus militantes, simpatizantes e todos que tenham interesse em participar da discussão teórica para o desenvolvimento da luta revolucionária. 

A Escola Marxista são diversos cursos realizados em âmbito municipal, ao contrário da Universidade Marxista, que é uma atividade nacional. Sua finalidade é levar a discussão marxista para todas as cidades possíveis, atingindo o maior número de pessoas, o que tem uma importante função no sentido da conscientização da população.

Além disso, a iniciativa também visa estruturar e auxiliar o crescimento do Partido em municípios de todo o país, além dos bairros das grandes cidades. No momento atual da luta política, não há nada mais importante do que desenvolver o partido operário, que deverá liderar a classe trabalhadora. Neste ano, serão realizados cerca de 90 cursos em diferentes cidades, bairros e até para o público residente fora do país. A intenção é alcançar mais de 2 mil pessoas.

O curso desta Escola Marxista está sendo um resumo do curso que foi dado no início do ano na Universidade de Férias, cujo tema era “O que foi o Stalinismo, uma análise marxista”. No caso da Escola, o curso é feito em cima do texto “Bolchevismo e Stalinismo”, de Leon Trótski, que poderá ser adquirido em forma de brochura na realização da inscrição para o curso.

O stalinismo é o nome que se dá à política desenvolvida pela burocracia soviética, que procurou sufocar os ímpetos revolucionários de sua população no princípio do século XX. Após a bem sucedida revolução russa de 1917, que só se deu graças à aplicação prática do marxismo por suas lideranças, a reação da contrarrevolução em um país atrasado e empobrecido pela Primeira Guerra Mundial e uma violentíssima Guerra Civil foi fator importante para desestruturar a luta da classe operária. Para que se possa evitar um desfecho semelhante nos próximos processos revolucionários que estão por vir, é fundamental se esclarecer sobre o que ocorreu na Rússia no princípio do século passado e se precaver de semelhantes investidas que podem vir a ocorrer por parte de setores contrarrevolucionários do momento atual.

A importância da discussão do tema é muito grande, visto que o stalinismo é uma chaga que persiste em alguns meios da esquerda e precisa ser discutido e esclarecido, para o desenvolvimento político da população. Todos os erros e crimes cometidos pela burocracia soviética vêm se repetindo ao longo dos anos e a análise destes tem a intenção de melhorar a atuação do movimento operário e abrir o caminho para seu desenvolvimento rumo a um verdadeiro movimento revolucionário. 

A formação teórica dos militantes partidários, ativistas, simpatizantes e da classe operária como um todo, tem uma importância fundamental neste momento em que diversas manifestações ocorrem pelo país e o povo se levanta para lutar contra o regime golpista, que já impôs diversas derrotas e o genocídio do povo brasileiro através da pandemia da Covid-19. Um movimento revolucionário necessita de lideranças esclarecidas e com uma sólida formação política, para não fracassar. 

Nesse sentido, é preciso ter claro que, como todo partido marxista, todas as atividades teóricas promovidas pelo PCO têm, verdadeiramente, um objetivo prático. O verdadeiro marxista não atua simplesmente no campo teórico, como o fazem os acadêmicos que se utilizam das ideias marxistas para a promoção pessoal e ganhos financeiros. A intenção do verdadeiro marxista é a elevação da consciência da classe operária através de sua formação política e do crescimento de seu partido, que deverá liderar a sua luta pela tomada do poder.

Por conta disso, o PCO convida a todos a se inscreverem nesta Escola Marxista, através do sítio Escola Marxista. O preço para a inscrição é de apenas R$ 10, um valor simbólico, que visa tornar o curso acessível a todos. Caso a pessoa queira adquirir a brochura “Bolchevismo e Stalinismo”, com tradução elaborada pelo próprio partido, para poder acompanhar melhor a discussão do curso, o valor é R$ 35. Os militantes do Partido devem convidar todas as pessoas que eles conhecem para participar da atividade, já que a discussão diz respeito a toda a população e o baixo preço da inscrição não é impedimento para ninguém participar.

Portanto, procure o curso mais próximo de você, em sua cidade ou bairro e se inscreva. Não há ambiente melhor para se esclarecer politicamente acerca de conceitos fundamentais da luta do movimento operário do que na discussão com um militante do principal Partido revolucionário do país. E, como já foi dito anteriormente, a importância deste esclarecimento no momento de derrubada do governo e da luta contra o golpe é inestimável. As aulas ocorrerão em um sábado ou domingo em sua cidade nas próximas semanas. Não perca a chance de se esclarecer sobre um dos mais candentes temas da situação atual. 

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.