Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A intervenção militar no Rio de Janeiro tem provocado grande preocupação aos moradores da favelas cariocas. Diferente do que a imprensa golpista e a esquerda pequeno-burguesa procuram mostrar, os moradores das favelas e das periferias não são a favor da ocupação militar no Rio, o que pudemos (PCO) comprovar através de diversas atividades de panfletagem e agitação política. 

Neste sábado (dia 24 de fevereiro), foi realizado um debate sobre a intervenção militar no Museu da Maré. Os militantes do PCO marcaram presença no evento, que contou com cerca de 100 pessoas, e participaram ativamente dos debates.

Mesmo com a presença da esquerda pequeno-burguesa no debate, que procurou disfarçar a sua presença escondendo seus próprios partidos políticos, conseguimos levantar o problema do golpe de Estado, que nesse momento evolui para um golpe militar, e destacar a tarefa fundamental do movimento: debater, esclarecer a população e organizar os trabalhadores e demais setores oprimidos para que possamos reagir ao avanço da direita. 

Nossos panfletos foram muito bem recebidos pelo público e a recepção da nossa proposta de criação de um comitê de luta contra a intervenção militar foi boa. Nos próximos dias vamos ampliar a campanha de agitação no Complexo da Maré e em muitas outras favelas do Estado do Rio de Janeiro.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas