Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
imgpsh_fullsize (1)
|

Capachos dos norte-americanos, Jair Bolsonaro e Juan Guaidó reuniram-se na quinta-feira (28) no Palácio do Planalto. Guaidó veio para o Brasil negociar e discutir com o presidente da fraude eleitoral uma ofensiva do Brasil contra o governo e o povo venezuelanos.

Guaidó é um funcionário do imperialismo norte-americano, que está organizando uma intervenção na Venezuela. Bolsonaro é um fantoche do governo norte-americano, que foi colocado no poder para reprimir os trabalhadores e entregar o País para os capitalistas estrangeiros.

Diante da vinda da marionete de Donald Trump para o Brasil, os militantes do Partido da Causa Operária (PCO), junto aos militantes dos comitês de luta contra o golpe de Brasília, realizaram um protesto em frente ao Palácio do Planalto, denunciando a política de capacho que Guaidó e Bolsonaro estão levando adiante.

O Brasil, sob o controle dos fascistas e reconheceu a ilegal autoproclamação de Guaidó como presidente da Venezuela – um cargo fictício, totalmente farsesco e sem nenhuma autoridade real com a população venezuelana.

A atitude dos militantes, que levaram faixas e bandeiras, foi acertada. É preciso denunciar a ofensiva do imperialismo na Venezuela e os fascistas latino-americanos que estão servindo aos interesses do imperialismo. Para o povo da América Latina, a invasão da Venezuela é uma ameaça pois fortalece a política de rapina dos capitalistas norte-americanos e os regimes de extrema-direita.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas