Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
fora-bolsonaro-e-liberdade-1024x585
|

Dia 14 acontecerá um grande ato em Curitiba para exigir a liberdade de Lula. O ex-presidente é um preso político da direita golpista há 500 dias, e a manutenção de sua prisão arbitrária com base em uma condenação sem provas é um dos pontos centrais do golpe de Estado que acabou levando Jair Bolsonaro à presidência com a fraude eleitoral de 2018. Nas próprias eleições a prisão de Lula foi fundamental para os golpistas, e continua sendo fundamental agora como forma de conter a polarização política. Os trabalhadores, em contrapartida, devem exigir a liberdade de Lula para derrotar a direita golpista.

Para preparar esse grande ato em Curitiba, reunindo militantes do país inteiro na cidade em que Lula é mantido preso pelos golpistas, o PCO está convocando atos preparatórios em 30 cidades do país. Em São Paulo, serão realizados atos na capital, em Embu das Artes, Campinas, Assis, Araraquara e São José do Rio Preto. No Rio de Janeiro, além da capital haverá um ato também em Volta Redonda. Na Bahia serão realizados atos em Salvador e em Porto Seguro. No Ceará serão realizados atos em Fortaleza e Juazeiro. No Paraná será realizado um ato preparatório também em Curitiba, além de Londrina. Em Santa Catarina serão realizados atos em Florianópolis e Blumenau.

Além dessas cidades, também receberão ato as cidades de Brasília, Maceió, Goiânia, São Luiz, Belo Horizonte, Campo Grande, Cuiabá, Belém, Recife, Teresina, Natal, Porto Alegre e Palmas. Esses atos têm como propósito o agrupamento de militantes da esquerda em geral na convocação e participação do ato em Curitiba.

Ao lado do Fora Bolsonaro, é central a exigência de Liberdade para Lula, como forma de apresentar ao país uma saída para a crise. Com a saída de Bolsonaro, é necessário exigir novas eleições, e para que a as eleições não sejam uma repetição da fraude de 2018, é preciso que Lula possa participar. Portanto, que Lula esteja livre e que todos os processos contra ele sejam anulados. Assim, em alguma medida, o povo poderá decidir pelo voto quem será o próximo presidente. Por isso é preciso trabalhar para encher as ruas em Curitiba no próximo dia 14.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas