Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

A partir de domingo (dia 7), o custo para embarcar nos ônibus em Barueri (SP) passou de R$ 4,20 para R$ 4,35.  O  novo valor foi aprovado por decreto municipal em 4 de janeiro de 2018.

O aumento da passagem pegou de surpresa a população de Barueri, que em momento algum foi chamada a dar sua opinião sobre a qualidade do serviço de transporte oferecido, e se caberia um aumento da tarifa, já que a população é transportada em precárias condições, sofrendo diariamente superlotação, péssima higienização dos coletivos, redução dos horários oferecidos, ausência do serviço em determinados bairros da cidade e itinerários que não facilitam a locomoção dos usuários. Tudo isso pagando uma das tarifas mais caras do País.

A tarifa do transporte para ônibus, trem e metrô em São Paulo também foi alterada, de $3,80 para 4,00. O valor, que estava congelado desde janeiro do ano passado, foi reajustado em 5,26% de forma conjunta pela gestão do prefeito “almofadinha” João Doria e do governador Geraldo Alckmin, ambos do PSDB.

A saída para o aumento da tarifa de ônibus é a estatização do transporte. É necessário acabar com o repasse milionário do dinheiro público para as empresas privadas, as quais são verdadeiras mafias preocupadas apenas com o aumento dos seus lucros e não com a qualidade dos serviços prestados  à população. Haja vista a precariedade dos meios de transporte como ônibus e metrôs.

Somente a mobilização da juventude, dos trabalhadores contra os golpistas e a sua política de corte de direitos pode barrar esse mais esse ataque à população.
Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas