Siga o DCO nas redes sociais

Fracasso fascista
Partido de Bolsonaro fracassa: não disputará eleições em 2020
Pouco mais de um mês para o registro dos partidos para concorrer as eleições desse ano, no TSE, o Aliança pelo Brasil e a extrema-direita se mostram um verdadeiro fiasco impopular.
alianca2
Fracasso fascista
Partido de Bolsonaro fracassa: não disputará eleições em 2020
Pouco mais de um mês para o registro dos partidos para concorrer as eleições desse ano, no TSE, o Aliança pelo Brasil e a extrema-direita se mostram um verdadeiro fiasco impopular.
Fracasso.
alianca2
Fracasso.

Faltando quarenta dias para a data limite para registro de partidos políticos participarem das eleições desse ano, a cúpula do partido fascista de Jair Bolsonaro (sem partido), admitiu de forma derrotada que não conseguirá as assinaturas necessárias para legalizar seu partido Aliança Pelo Brasil (ALIANÇA) para candidatar seus quadros para concorrer. Claro que com os floreio de que os cartórios que são incompetentes para “tantas” assinaturas, que nem todas estão regulamentadas corretamente, e entre outras desculpas que amontoadas sinalizam uma única e grande mentira.

Isso mostra de forma objetiva a falta de apoio popular do governo ilegitimo, que saiu referendado pelas eleições fraudadas de 2018. Como também de toda extrema-direita. Botando abaixo a desculpa esfarrapada da esquerda pequeno-burguesa de que o povo é direitista, ou até mesmo todo fascista.

Como que se os únicos seres racionais fossem os bastiões da demagogia eleitoral e da política confusionista.  O dado mais significativo nesse sentido é que até dia 26/02, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) havia validado apenas 3.334 assinaturas, sendo que são necessárias, no mínimo, 492 mil para obtenção do registro. Colocada em cheque pela realidade objetiva, isso demonstra que o argumento, caído ao chão pela lógica dos números, é apenas uma desculpa ridícula para não se fazer a política-do-sofá-da-sala, isto é, nada.

Além do que o esquerdismo pequeno-burguês, com sua areia colorida que eles adoram jogar nos olhos da militância de esquerda, denuncia de forma meia-boca a ideologia burguesa na população, mas não se presta a oferecer nada no lugar. Não constrói imprensa, e se resume a administrar grupinhos sectários em redes sociais. Não surpreende ninguém não serem opção para nada, nem eleitoral.

Pelo vértice, o resultado do fracasso bolsonarista mostra não só o verdadeiro naufrágio da política da esquerda de Frente Ampla, como o terreno extremamente favorável para a campanha fora Bolsonaro. Como demonstrou o carnava  com inúmeras demonstrações de rechaços ao governo e da própria palavra de ordem de fora Bolsonaro pipocando para todos os lados. Está na hora de botar o bloco na rua e botar em cheque o governo fraudulento.

É necessário superar a política conciliadora das direções pequeno-burguesas. É necessário pôr fim ao governo!