Menu da Rede

Eleições na Bolívia

Partidários de Camacho querem resultado final para se pronunciar

Partido de Luis Camacho, principal nome da extrema direita que golpeou Evo Morales, não reconhece ampla margem do MAS. Golpe à vista?

Tempo de Leitura: < 1

Camacho, à direita, com J. Añez empunhando bíblias para justificar o golpe sobre Evo Morales. – Foto por: reprodução.

Publicidade

Partido de Luis Camacho, candidato da extrema direita golpista boliviana, afirmou no início da tarde desta segunda (19) que irá aguardar o resultado oficial pelo TSE, amanhã, para emitir um juízo sobre as eleições.

O vice-presidente do Comitê Cívico de Tarija, Alex Orellana, afirmou:

Dizendo-lhes que mantenham um pouco mais de paciência até aguardarmos os resultados oficiais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sabemos que é um tempo de espera que tem a ver com o marco legal e para termos uma boa comemoração vamos aguardar esses resultados”;

“Da mesma forma, Paco nos instou a continuarmos com a mesma paciência em “não ceder a algumas intenções de alguns setores que ainda buscam provocações”.

Além disso, “este tempo de espera também nos permitirá nos preparar para que, com urgência, possamos começar a juntar os cacos (para) reconstruir nossa dignidade, soberania, prosperidade, estabilidade e paz como povo boliviano

A posição dos direitistas do Unidade Cívica Solidária (UCS) diverge das principais figuras da direita boliviana, como Carlos Mesa, segundo colocado das eleições e a golpista Janine Añez, presidente de fato desde o golpe sobre Evo Morales, que reconheceram as pesquisas que dão ampla vitória, no primeiro turno, a Luis Arce do MAS.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Mais Lidas
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTT

"Não vai ter Copa América" é campanha da Globo - Não Compre Jornais, Minta Você Mesmo (Reprise)

62 Visualizações 15 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend