Manifestação em Brasília (DF) pela #LiberdadeParaLula
|

Quem acompanhou o processo judicial contra o ex-presidente Lula sabe que o mesmo está recheado de irregularidades, do começo ao fim. Trata-se de uma perseguição inescrupulosa da burguesia com a finalidade de tirar da vida pública uma das mais importantes lideranças da classe trabalhadora brasileira de todos os tempos. Para isso, orquestrou-se uma verdadeira conspiração envolvendo a grande imprensa, Ministério Público, Polícia Federal e o sistema jurídico brasileiro, nas três instâncias, em colaboração com os norte-americanos.

Uma das irregularidades envolve o grampo telefônico do escritório de advocacia que trabalhava na defesa de Lula. O grampo foi requerido por Sergio Moro à Polícia Federal. Após inquiridos pelo Supremo, Moro respondeu ter sido um engano, e a PF justificou que um dos advogados também era investigado. Moro se desculpou mas, conforme relata o advogado Pedro Henrique Viana Martinez, os áudios não foram destruídos e foram acessados pela equipe da promotoria.

Isto significa uma grave violação do princípio básico do Direito a ter uma justiça imparcial. Uma vez que o juiz autorizou que os advogados da acusação acessem as conversas entre acusado e seus próprios advogados, tem-se a demonstração cabal de que o representante da Justiça age para favorecer a acusação. O fato se torna ainda mais grave pelo fato de que os grampos terem envolvido a conversa de Lula com a então presidenta Dilma Rousseff, e liberados para a imprensa, um crime contra a segurança nacional. No mínimo, todo o julgamento precisaria ser considerado nulo, uma vez que a peça da acusação e os despachos do juiz foram feitos de maneira irregular.

Os advogados de Lula continuam buscando a liberdade do ex-presidente em todas as instâncias judiciais. Mas é preciso compreender que nada disso será efetivo enquanto ficarmos na dependência destas mesmas instituições golpistas que o condenaram. É por isso que precisamos fortalecer a única força que pode ameaçar esta conspiração política: a mobilização popular.

Participe da campanha para impulsionar a mobilização popular pela liberdade imediata do ex-presidente Lula e anulação de todos os processos contra ele. Contribua hoje mesmo na campanha do partido que tem defendido Lula desde o início nas ruas, acessando este link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/contribua-com-a-campanha-contra-prisao-de-lula

Relacionadas