temeroso
|
temeroso
|

Mais uma etapa do golpe vai avançando contra os trabalhadores. Após destruir toda economia nacional, entregando a Petrobras e a Eletrobras de graça aos capitalistas, agora, os golpistas além de chamarem seu acordo com os caminhoneiros de “bolsa caminhoneiro”, se utilizam da mesma para terminar de destruir saúde e educação pública. Neste sentido, o usurpador Michel Temer sancionou ontem, 30, uma lei que prevê a reoneração de setores da economia, acabando com o investimento em programas nas áreas da saúde, educação, saneamento básico e moradia para bancar o rombo do nosso petróleo que levou à greve dos caminhoneiros.

O plano todo do golpe sempre girou em torno de destruir a economia do país para entregá-la aos sanguessugas capitalistas estrangeiros. A manobra consiste no seguinte: os capitalistas abrem um processo de perseguição política com pretexto de lutar contra corrupção; esse processo pode ser contra direita inicialmente, mas logo se virá à esquerda; há uma caça institucional, como houve com Dilma, Lula, Dirceu e etc; a direita, que controla empresas nacionais e multi-nacionais através de suas oligarquias familiares, atacam empresas nacionais que mantiveram parcerias com governos de esquerda; destroem essas empresas nacionais com denúncias, com especulação na Bolsa de Valores, através de investigações seletivas das polícias, criam provas falsas e etc; finalmente, após diversos estágios do golpe, uma empresa como a Petrobras, que tem lucros estratosféricos, é colocada à venda; empresas imperialistas compram aos poucos suas ações que foram à falência pela especulação e ataques diversos; é colocado um capacho imperialista no comando da empresa, como Pedro Parente, que diminui a produção, enquanto entrega a empresa a Shell.

Este capacho começa comprar petróleo refinado do patrão EUA, enquanto isso, para a produção nacional para favorecer o mercado externo. Toda essa manobra golpista de entrega leva a uma crise na economia, levando os preços nos postos de gasolina a preços abusivos e finalmente, o governo golpista, que perdoou dividas de bilionárias de empresas, reonera para pagar a gasolina, que era nossa, destruindo todos os outros setores e fazendo a classe trabalhadora pagar enquanto agoniza. Eis o golpe.

A questão aqui é grave, pois, ao invés de cobrar as dívidas bilionárias que bancos e empresas como a Rede Globo tem com o governo quem vai pagar a conta é o povo trabalhador por meio de mais corte em saúde, educação, moradia, entre outros. 

Mas, neste caso, o golpista Michel Temer perdoou a dívida dos capitalistas e decidiu onerar a saúde pra matar o povo., pois, é claro, a política da direita tem como finalidade destruir tudo que é dos trabalhadores e garantir o máximo de lucro aos lobistas e especuladores, seus patrões imperialistas.

Relacionadas
Send this to a friend