Menu da Rede

São Paulo: vermelho marcou presença em ato por “Fora Bolsonaro”

Mais um ataque à educação.

Para cortar “gastos”, MEC “esquece” milhares de alunos no Fundeb

O governo ilegítimo do Bolsonaro, com suas "aproximações sucessivas", ataca a educação pública. É preciso reagir com Comitês de Luta!

Escola sucateada. – Esquerda Diário.

Publicidade

Bolsonaro e sua administração política parasitária nunca perde tempo, sempre que há alguma maneira de roubar o dinheiro da população para alimentar os banqueiros, eles aproveitam a brecha. Desta vez fizeram o cúmulo do absurdo, o MEC “esquece” milhares de alunos no Fundeb para cortar o investimento na educação básica e dar de presente aos tubarões capitalistas.

A apuração foi feita pela Conferência Nacional dos Municípios, ao qual fez um levantamento em que compara o número de alunos indicados do Censo da Educação 2020 para com o número contabilizado pelo MEC para calcular os repasses. Existe diferença em todos os setores da educação básica. No ensino fundamental, por exemplo, existem 695.090 a menos. Um número muito grande justamente para atender o serviço do neoliberalismo, ou seja, ter passos largos para destruir tudo que é público, como vem ocorrendo desde o golpe de estado de 2016. É preciso aqui também perceber que esta conferência trata-se de governantes em que na sua maioria compõe de prefeitos direitistas, que apoiaram o golpe, e que tradicionalmente, como sabemos, nada faz pela educação.

Tudo isso implica dizer que o projeto do golpe é uma política de terra arrasada. Os ataques contra a população e trabalhadora como a reforma da previdência e trabalhista, além de cortes na saúde, educação, congelamento de gastos, permite que Bolsonaro e toda a corja golpista avance cada vez mais para abocanhar do que é direito da população, como o regulamento da Fundeb, que na prática nem está sendo seguida pois já é, infelizmente, do conhecimento popular que o dinheiro para a educação é desviado para interesses de oligarquias políticas.

Como dizia o Mourão, numa de suas palestras pró golpe militar, as “aproximações sucessivas” são bem exemplificadas neste acontecimento do Fundeb. É mais uma aproximação para privatizar todo o ensino público, para dar o falso entendimento de que tudo que é público é pior, como vem ocorrendo a pressão de privatizar a Correios, que mesmo sucateada, consegue realizar mais serviços que as suas concorrentes.

Neste sentido é preciso ter uma ampla resistência dos professores, estudantes, profissionais de educação e familiares. É preciso formar comitês de luta em todas as escolas para impedir esse corte escancarado realizado por um governo ilegítimo. Não somente isso, é preciso lutar pelo fim do EAD, contra o retorno às aulas e pela vacinação em massa, para que as escolas recebam o investimento adequado para quando voltar a ter aulas, somente com o fim da pandemia, tenha condições para todos usufruir da educação. Isso tudo com Fora Bolsonaro e todos golpistas!

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.