Para aprovar roubo da aposentadoria, Bolsonaro divide ministério em dois para entregar aos partidos golpistas

brasil-jair-bolsonaro-20190226-001

Da redação – A reforma da previdência já tramita na comissão especial da Câmara de deputados. Bolsonaro, para conseguir aprovar o roubo das aposentadorias, dividiu o Ministério do Desenvolvimento Regional em dois. Serão criados o ministério das Cidades e o ministério da Integração.

O ponto foi discutido pelo governo na manhã desta terça-feira (7) e informada pelo Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). O objetivo é oferecer estes novos ministérios a partidos golpistas para aprovar a reforma da previdência no congresso.

Não foram anunciados os partidos que se beneficiarão desta medida, mas fica claro que diante da impopularidade da reforma, que Bolsonaro está tendo de realizar diversas manobras políticas para conseguir aprová-la.

Vale lembrar que uma das promessas de Bolsonaro durante as eleições foi a diminuição dos ministérios e o fim da política do “toma lá da cá” – expressão criada pela própria extrema-direita.