Palmeiras goleia adversário e avança em direção ao título de campeão brasileiro

palmeiras-x-america-mg3

O Palmeiras deu mais um passo adiante na luta pela conquista do título brasileiro da atual temporada. O tradicional time paulistano enfrentou o náufrago América-MG na noite de quarta-feira e mostrou porque dificilmente deixará de levantar a taça de campeão. Os comandados do técnico Felipão – um dos responsáveis pela espetacular campanha do “Verdão” – se impuseram diante do time mineiro e construíram um placar sólido e seguro, encaminhando a conquista da taça nacional.

O Palmeiras não teve qualquer dificuldade em chegar ao elástico placar, pois apresentou o mesmo bom futebol que o credenciou na longa competição a ocupar e manter a primeira posição por diversas rodadas, sem ser diretamente ameaçado pelos concorrentes mais diretos. O título somente não foi comemorado ontem porque um dos que ainda lutam para a tentar tirar o título do time paulista, o Flamengo, venceu o Grêmio pelo placar e 2 x 0, adiando a comemoração da conquista pelos palmeirenses.

O “Verdão” só deixará de levar a taça para a sua sala de troféus se acontecer um verdadeiro milagre, numa combinação muito improvável de resultados. O Flamengo (único que ainda poderia sobrepujar o Palmeiras na pontuação) precisaria vencer os seus dois últimos compromissos e torcer para que o Plameiras não pontue também nas duas últimas partidas que ainda restam para o final da competição. Ou seja, uma hipótese senão impossível, muito, mas muito pouco provável. Os próximos adversários do time paulistano serão o desesperado Vasco da Gama, na casa dos vascaínos, e depois o Vitória-BA (também na zona da degola), diante de sua torcida. Para o Flamengo, a tarefa parece um pouco mais indigesta, pois terá que vencer as duas partidas que lhe restam, contra o Cruzeiro (fora de casa) e Atlético-PR, no Maracanã.

Um outro concorrente direto que ainda mantinha uma tênue expectativa em suplantar o time de Felipe Scolari, o Internacional, foi derrotado pelo Atlético Mineiro, em pleno Beira-Rio e viu suas parcas possibilidades desaparecerem. O Inter experimentou uma queda de produção nestas últimas partidas e esses maus resultados acabaram por inviabilizar qualquer pretensão de título para o Colorado gaúcho. Na partida, o time mineiro foi mais efetivo e determinado, embora os gaúchos tenham criado muito boas oportunidades. O artilheiro Leandro Damião perdeu duas chances que um centroavante jamais poderia perder numa partida decisiva, o que acabou sendo determinante para a derrota do seu time.

Com a situação já praticamente definida na ponta de cima da tabela, as atenções se voltam para a zona da degola, onde estão os times que lutam pela permanência na divisão de elite do futebol brasileiro. O Paraná Clube já está matematicamente rebaixado e muito provavelmente já terá mais um acompanhante na segundona da próxima temporada. Seis equipes entram na penúltima rodada lutando contra o rebaixamento (Vitória-BA, Chapecoense, América-MG, Sport Recife, Ceará e Vasco da Gama), sendo a situação mais desesperadora a do Vitória-BA, Chapecoense e América-MG. No entanto, nada ainda está decidido e tudo indica que a luta será ponto a ponto até a última rodada.