Países que sofreram golpe do imperialismo abandonam UNASUR

r1ZvMhw3G_930x525__1

Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai e Peru anunciaram sua retirada, por tempo indeterminado da UNASUR (União de Nações Sul-Americanas). A justificativa dada pela saída seria por conta da Bolívia ter assumido a presidência no dia 17 de Abril, depois da Argentina.

Segundo nota divulgada pelos países que se retiraram da UNASUR o motivo da saída foi a incompatibilidade com a política e a economia proposta por Bolívia e Venezuela.

Huanacuni, o novo presidente da UNASUR, diz não ter recebido nenhuma notificação oficial dos ministros das Relações Exteriores da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia , Paraguai e Peru. Em coletiva Huanacuni pediu uma reunião extraordinária com os ministros das Relações Exteriores desses países antes de uma reunião de alto nível com os presidentes.

Os países que deixaram a UNASUR são justamente os países que sofreram golpes de estado e foram dominados pela direita imperialista. O recado foi para o presidente Evo Morales e para Maduro, governos nacionalistas que ainda não foram derrubados pelo Imperialismo.