Internacional
Na luta contra o coronavírus, uma lista de países enviou um pedido à ONU para que interceda pelo fim das sanções econômicas genocidas dos EUA, para que possam combater o COVID-19
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
200312-cuba-coronavirus-se-122p_d7eeb7eb92bdb19e75f3026c52fe027a.fit-1240w
Foto: Ramon Espinosa / AP |

China, Russia, Irã, Síria, Coreia del Norte, Cuba e Nicarágua enviaram uma carta à ONU pedindo para que a organização interceda pelo fim das sanções econômicas dos EUA, já que essas sanções impedem o combate efetivo dos países explorados contra a pandemia do coronavírus. Em alguns casos, como o de Cuba, o embargo econômico já dura mais de 60 anos.

Na contramão, os EUA anunciaram recentemente ainda mais medidas que visam destruir a economia de Irã e Venezuela. É uma política genocida que contribui para a morte de dezenas de milhares de pessoas em todo o planeta.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas