Menu da Rede

Pagando a conta do golpe: governo Temer perdoa R$ 155 bilhões de dívidas

Tempo de Leitura: < 1

Publicidade

O golpe de Estado articulado pelo imperialismo vem destruindo os direitos trabalhistas e a economia brasileira de conjunto. Há muito denunciamos que as conseqüências do golpe seriam nefastas, isso muito antes da presidente legítima Dilma Rousseff ter sido enxotada do cargo para o qual foi eleita por 54,5 milhões de brasileiros.

Com toda a falação da imprensa golpista de que estamos em um grande rombo fiscal, seria de se esperar que o governo federal estivesse fazendo todos os esforços possíveis para economizar até os últimos centavos. Mas isso só é válido na hora de esfolar a população e cortar gastos sociais. A mais nova dos golpistas foi perdoar através do Refis, um mecanismo que permite “regularizar” a situação dos devedores de impostos e contribuições administrados pelos órgãos federais, de uma só vez, uma quantia de R$ 62 bilhões. No total, de 2017 para cá, já são quase R$ 155 bilhões em dívidas que o governo golpista deixa de arrecadar das grandes empresas, cifra citada no título da matéria.

O montante de dinheiro surpreendeu até mesmo o chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita, Claudemir Malaquias, que chegou a admitir à imprensa: “Renunciamos mais do que era previsto”. Esse verdadeiro assalto não é nada mais do que a conta do golpe que Temer precisa prestar aos capitalistas brasileiros e ao imperialismo estrangeiro que financiaram o impeachment fraudulento de Dilma. Se a população não fizer nada, os golpistas vão tirar até as calças do povo brasileiro.

Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

A Frente Popular na França, por Rui Costa Pimenta - Universidade Marxista nº 409

82 Visualizações 79 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend