Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
João Amoedo
|

A direita, a pouco menos de um mês das eleições, não conseguiu emplacar nenhum candidato para presidente. Alckmin, que é o principal representante do governo golpista, não conseguiu sequer chegar a 7%. Por outro lado, Lula permanece disparado nas pesquisas.

Marina Silva e Ciro Gomes, que gostariam de substituir Alckmin, não conseguiram também decolar. No entanto, a candidatura de João Amôedo, do Partido Novo, tem animado alguns setores, principalmente depois que alcançou Ciro Gomes em algumas pesquisas, empatando com 3% das intenções de voto.

Embora João Amôedo se apresente como uma novidade na política, o Partido Novo não representa nada de novo e nem apresenta nenhuma proposta real para a população. Seu programa econômico é igual ao de Bolsonaro – o que, lhe torna, nesse sentido, um “Daciolo 2”, isto é, uma segunda caricatura de Bolsonaro.

O programa de Amôedo é baseado no “Estado mínimo”, que significa o mínimo de investimentos em assistência social e o máximo de investimentos na repressão.

O Partido Novo, formado por banqueiros – como próprio Amoedo – quer privatizar tudo, destruir a Educação Pública, a Saúde pública etc desempregar e matar de fome os trabalhadores, que não têm condições de comprar o que deveria ser obrigação do Estado suprir.

A velha política reacionária defendida por Bolsonaro, Alckmin e todos os candidatos da direita golpista.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas