Ouça na Rádio Causa Operária: a importância da rebelião dos franceses para o Brasil

15252265795ae91c5366d16_1525226579_3x2_xl

Sábado passado (08/12), o companheiro Rui Costa Pimenta, presidente nacional do PCO, traçou um paralelo entre as recentes mobilizações nas ruas da França contra o presidente Emmanuel Macron, e os indícios de fragilidade do futuro governo de Jair Bolsonaro.

Os mesmos elementos presentes na situação política que levou Macron a alcançar à presidência também favoreceram a vitória de Bolsonaro: uma grande fraude e manipulação por parte da burguesia, inúmeras irregularidades e, ainda assim, uma votação minoritária. Portanto, afirmou o companheiro Rui, que, assim como foi com Macron, o governo de Bolsonaro é um governo impopular e sem legitimidade.

Uma situação como essa pode levar o governo do futuro presidente ilegítimo e golpista de Bolsonaro a um rápido processo de deterioração, o que pode favorecer a polarização política e conduzir as massas a que intervenham na crise. Então, para se derrotar a extrema-direita e os golpistas, é preciso ir às ruas, por meio de uma grande e ampla mobilização popular.

O paralelo foi traçado no programa Análise Política da Semana, apresentado pelo presidente nacional do PCO, é exibido todos os sábados, a partir das 11:30, na Causa Operária TV e na Rádio Causa Operária. É um momento de discussão dos principais acontecimentos do cenário político nacional e internacional. Além disso, é um meio de orientação para todos os setores que buscam clareza e direcionamento para a luta contra o Golpe.

Ouça na íntegra o trecho da Análise Política da Semana, em que o companheiro Rui explica como as recentes manifestações na França podem servir de exemplo para a luta contra o Golpe no Brasil: