Menu da Rede

OTAN se junta às provocações imperialistas e expulsa diplomatas russos

Tempo de Leitura: < 1

Publicidade

O imperialismo decidiu se lançar em uma ofensiva geral contra o governo Russo. Vários países estão expulsando os diplomatas russos de seus países e alguns boicotaram a copa de 2018 (na Rússia), com base na alegação do imperialismo inglês de que os Russos teriam envenenado um ex-espião no território da Inglaterra, alegação puramente especulativa sem provas concretas para se impor uma sanção ao governo.

A provocação contra os russos está clara. Nesta terça-feira (27), a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) – aliança militar criada pelo imperialismo durante a dita Guerra Fria para atacar a União Soviética, os estados operários e revolucionários – anunciou que expulsará sete diplomatas da missão russa e negou o credenciamento de mais três diplomatas russos.

Já foram centenas de diplomatas expulsos dos países. O imperialismo levantou claramente a bandeira do “Não vai ter Copa” (assim como fizeram no Brasil). O governo Russo vem demonstrando uma certa resistência às ofensivas imperialistas, tendo sido fundamental na derrota dos americanos e seus exércitos subjugados na Síria. Para o imperialismo o enfraquecimento de Putin é fundamental em sua política de dominação mundial e destruição dos inimigos.

Mais Lidas
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTT

Trótski: vida e obra | Curso completo (35ª Universidade de Férias do PCO)

658 Visualizações 11 horas Atrás

Watch Now

Send this to a friend