Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
saúde
|

Em 1998, o governo neoliberal entreguista de Fernando Henrique Cardoso, oficializou as chamadas ˝parcerias˝ entre Organizações Sociais (OSs) e o setor público. E após 20 anos dessa suposta aliança entre o público e o privado, algumas dessas organizações estão sendo investigadas na Assembléia Legislativa de São Paulo, por irregularidades diversas no Sistema Único de Saúde (SUS).

Essa política direitista, tem como fundamento a privatização de empresas – aos poucos ou em massa, dependendo da urgência dos entreguistas -, minando serviços através do sucateamento de condições e salários. Neste caso, os relatórios acusam as OSs de problemas no serviço de hospitais, como: descumprimento de metas estabelecidas, médicos em número insuficiente e desrespeitando escalas de trabalho.

É esse o reflexo da política de privatização que já vimos na entrega da Vale do Rio Doce por FHC e vemos hoje na Petrobras: diminuir o número de trabalhadores no setor, destruindo o serviço público de qualidade de dentro, com a finalidade única de entregar a preços de banana aos capitalistas estrangeiros.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas