Os mercados capitalistas começam o ano em queda, sinalizando turbulências do sistema econômico imperialista

Dow Jones

Da redação – O ano de 2019 mal começou e os mercados capitalistas já demonstram que continuarão instáveis.

Os principais índices da Bolsa de Valores de Nova Iorque, em Wall Street, iniciaram o ano em queda. Nesta quarta-feira (02), o Dow Jones apresenta uma baixa de 1,49%, enquanto o Nasdaq está em -1,93%.

Apresenta-se, assim, uma tendência de crise econômica capitalista cada vez maior para o próximo período. Em 2018, essa tendência já foi percebida, com o Dow Jones caindo 5,6% no acumulado do ano e o Nasdaq 3,9%, a maior queda desde 2008 – ano da última grande crise capitalista, cujos efeitos são sentidos até hoje devido ao debilitamento do sistema econômico imperialista que vai se desmoronando aos poucos a cada crise.

Todos os analistas mostram sua preocupação com a economia mundial, que vem apresentando, especialmente nos últimos meses, uma enorme instabilidade, que deverá abrir o caminho de uma nova crise, desta vez com a possibilidade de ser ainda mais catastrófica.