Menu da Rede

Um anarquismo em prol do PSDB?

Imperialismo e extrema-direita

Os afagos do “antifascista” Biden a Bolsonaro

Bolsonaro é um homem do sistema político norte americano, seja com Trump ou com Biden

Bolsonaro participou da cúpula do clima 2021 – Foto: Reprodução

Redação do DCO

Marina Dias Soares

Na última semana, nos dias 22 e 23 de abril, aconteceu a chamada Cúpula do Clima. O evento foi convocado pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e reuniu outros chefes de Estado para discutir problemas ambientais. O encontro sem muita surpresa serviu de palco para as demagogias, sobretudo as vindas dos governos imperialistas responsáveis pelos problemas climáticos e pelos ataques ao povo, como é o caso dos EUA. A cúpula, no entanto também serviu para deixar clara a relação do imperialismo com a direita brasileira com afagos e elogios de Biden a Jair Bolsonaro.

Dentre as promessas feitas pelo fascista Jair Bolsonaro, está, por exemplo, a de zerar o desmatamento, o que evidentemente não passa de demagogia, tendo em vista que Bolsonaro e a extrema-direita são responsáveis pela grilagem, o latifúndio, a perseguição de indígenas, os mesmos responsáveis pelo desmatamento. Biden, que também é responsável por ataques desta natureza em todo o mundo, elogiou o discurso de Bolsonaro como sendo “encorajador”.

É importante ter claro que estes elogios de Biden ao governo Bolsonaro não são despretensiosos, mas demonstram, na verdade, que o imperialismo norte-americano não tem nenhum problema em manter relações com Bolsonaro e com a extrema-direita brasileira para defender os interesses políticos do imperialismo. A campanha eleitoral de Joe Biden foi marcada por iniciativas demagógicas para atrair determinados setores contra Donald Trump, mascarando Biden como um aliado da população mais oprimida quando, na verdade, Biden é um dos principais nomes da burguesia, um homem de confiança do imperialismo, inimigo não só do povo norte-americano, mas de todo o mundo.

Boa parte da esquerda norte-americana e também a brasileira comprou a versão farsesca de Biden e passou a defender a eleição de Biden como uma vitória. Por parte da esquerda pequeno-burguesa no Brasil, inclusive, existe a ideia de que Biden se oporia ao governo Bolsonaro, que atacaria Bolsonaro e até mesmo apoiaria a esquerda nacional em certa medida nas eleições de 2022. O que só demonstra a profunda confusão política na qual estes setores se encontram.

Biden, muito antes das eleições presidenciais, já demonstrava a sua política de ataques aos trabalhadores e em defesa da burguesia imperialista da qual faz parte. Biden é um representante do imperialismo e o imperialismo não tem a menor intenção de romper com Bolsonaro, muito menos em troca de uma alternativa de esquerda como o ex-presidente Lula. É preciso lembrar que o governo Barack Obama, com o próprio Biden como vice, foi responsável pelo golpe de 2016, que derrubou o governo do PT, prendeu o maior líder popular de esquerda do país e finalmente elegeu Bolsonaro colocando o fascismo no poder.

Isto não quer dizer, no entanto, que Biden irá apoiar Bolsonaro abertamente, isto sequer é necessário. Quando Biden participou da manobra para derrubar Dilma ele não apareceu, por exemplo. O imperialismo pode fazer o Bolsonaro ganhar uma eleição sem aparecer, como aconteceu em 2018. O apoio público não é o fundamental, fundamental é o dinheiro que vai ser aplicado, o controle da imprensa e tudo mais.

O discurso na cúpula do clima, a troca de afagos discreta, o namoro por debaixo dos panos entre Biden e Bolsonaro, revela  que não há ataque do imperialismo à extrema direita brasileira, muito pelo contrário. Bolsonaro está ligado ao sistema político norte americano, não ao Trump apenas, Trump era a preferência de Bolsonaro, mas ele é um homem do sistema político norte americano, seja com Trump ou com Biden.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.