Ortega denuncia que EUA financiam violência na Nicarágua

a-daniel

Da redação – Após meses de ataques que levaram a uma guerra civil nas ruas de seu país, o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, denunciou que os EUA estão financiando toda essa onda de violência desde abril de 2018. Os protestos começaram logo após o governo tentar aprovar uma reforma previdenciária nos mesmos moldes do que foi tentado aqui no Brasil, uma manobra do imperialismo utilizada em diversos países das Américas, empurrando os governos esquerdistas ou progressistas e gerando um pretexto para um Golpe de Estado.

A direita organiza tudo e usa da tal reforma para tentar derrubar o governo sandinista, já que, parte da classe média, enganada pela propaganda imperialista e cuidando apenas de seus próprios interesses, é sempre usada pelos americanos para tentar impor um governo capacho dos norte-americanos.

É de suma importância que o presidente Daniel Ortega tenha acordado para os fatos e tente sufocar os direitistas que tentam tomar de assalto o governo de Manágua, sendo financiados pelos EUA, com armas de ponta, bazucas nas mãos da direita como foi visto no caso da Venezuela. A postura de Ortega deve ser a de resistir e não se entregar, pois se o fizer decretará a capitulação da Nicarágua aos interesses americanos que obviamente estão de olho no que puder sugar das riquezas desse país.