Orlando Andrade faz atividade em Universidades da Bahia denunciando a destruição do ensino público pelos golpistas

otl

O candidato do PCO ao governo do Estado, Orlando Andrade, realizou uma atividade de corpo a corpo nesta segunda (24), na Estadual de Feira de Santana em defesa do Ensino superior do Brasil, no geral, e das Universidades Estaduais da Bahia –  UEFS, UESC, UNEB e UESB -, em particular, já que estas atravessam uma grande crise, que vem se arrastando ao longo de décadas, e que, nos últimos governos do PT, tem se acentuado, devido à política de ajuste fiscal levado a cabo pelo governo Jacques Wagner e que está sendo seguida pelo atual governo de Rui Costa (PT-BA), que foram linha de frente para elaborar o Plano B.

O estrangulamento orçamentário também é um grande problema vez que os recursos destinados para o custeio, os investimentos e a manutenção estão sendo sistematicamente reduzidos por conta dos cortes, as instituições enfrentam uma grave crise financeira que impede o pagamento de despesas essenciais, a exemplo dos trabalhadores terceirizados, contas de luz e telefone situação pela qual o Movimento Docente reivindica um Orçamento para as quatro Universidades dos atuais 5% para 7%.

É necessário que o conjunto dos movimentos sociais e toda a esquerda se mobilize contra o golpe, em defesa das Instituições Públicas de Ensino Superior vez que os agentes do golpe no Brasil – notadamente o DEM, PSDB e PMDB -, desenvolvem uma política de destruição do Ensino Superior Público com cobrança de mensalidades cujo projeto tramita no Congresso Nacional e consta no programa de Geraldo Alckmin, Bolsonaro, dentre outros da direita golpista.

Nesta terça-feira (25) o Candidato do PCO fará atividades às 8 horas nos correios da Senhor dos Passos em Feira e às 11 horas fará panfletagem na feira livre do município de Santa Barbara.