Siga o DCO nas redes sociais

Na luta pelo Fora Bolsonaro
Organizar o povo! Formar conselhos populares!
Neste domingo ocorreu mais um mutirão nos bairros pobre de todo o país com uma proposta de organização da população para enfrentar a crise econômica e do vírus corona.
1586111249717
Na luta pelo Fora Bolsonaro
Organizar o povo! Formar conselhos populares!
Neste domingo ocorreu mais um mutirão nos bairros pobre de todo o país com uma proposta de organização da população para enfrentar a crise econômica e do vírus corona.
Mutirão em Salvador. Foto: Diário Causa Operária
1586111249717
Mutirão em Salvador. Foto: Diário Causa Operária

Neste domingo (05/05), ocorreram novamente os mutirões em dezenas cidades do país encabeçadas pelo Partido da Causa Operária e dos Comitês de Luta Contra o Golpe nos bairros operários e favelas. Com o objetivo de mobilizar a população pelo Fora Bolsonaro e na defesa das reivindicações populares diante da pandemia do vírus corona, os militantes e ativistas foram de casa em casa, no comércio e nas feiras livres desses bairros distribuindo panfletos, adesivos e cartazes da necessidade de derrubada de Bolsonaro nesta situação e apresentar uma série de reivindicações para a solução da crise econômica agravada pela pandemia do vírus corona, e em decorrência da gravidade da doença uma crise na saúde.

A atividade realizada visa a formação de Conselhos Populares como forma de organizar as comunidades, ruas e os trabalhadores para enfrentar a crise e os governos de direita e extrema direita que estão no âmbito dos governos federal e estadual.

A proposta de formação de Conselhos Populares é uma coisa que ocorre naturalmente entre a população, e que já está acontecendo, com comunidades organizando atividades relacionadas ao assistencialismo, como doação de alimentos e até contratação de médicos, como foi realizado recentemente pela associação de moradores da favela de Paraisópolis, na cidade de São Paulo.

Tanto é assim, que nos mutirões fica evidente o apoio dado pela população as reivindicações diante da crise, com a formação desses conselhos, e a principal reivindicação que é o Fora Bolsonaro, que sem a derrubada de Bolsonaro e dos golpistas do poder enfrentar a crise e a pandemia custará muito caro a população. O apoio da população para os militantes nas ruas é quase que absoluto.

Em 15 dias de quarentena, a população pobre e trabalhadora já está sentindo os efeitos da falta de dinheiro e já passa grandes necessidades e boa parte dos trabalhadores que não trabalham na informalidade e que não foram demitidos, continuam trabalhando sem as mínimas condições de segurança. Isso pode ser visto no transporte coletivo, em que os governos de direita para salvar as empresas de transporte coletivo, reduziram a frota em até um terço do efetivo e deixando ainda mais superlotado o transporte. Ou como pode ser visto, nos trabalhadores da saúde, que sem as mínimas condições de trabalho, estão sendo infectados pelo vírus corona numa velocidade muito grande.

Leia Também  PCO e Comitês de Luta realizam ato pelo Fora Bolsonaro no Rio

Para enfrentar essas situações e seu agravamento com o passar do tempo, e com sindicatos e partidos políticos sendo fechados e deixando grande parte da população nas mãos da direita, é necessário que os trabalhadores e a população se organizem para se ajudar mutuamente, organizando os bairros e seus locais de trabalho, e lutar pelo acesso aos recursos públicos, hospitais e colocar em prática uma política que coloque o Estado e seus recursos para salvar a população e não os bancos e outros grandes monopólios da burguesia.

Os mutirões estão resultando na formação de conselhos populares nesses bairros e já foram criados em Blumenau (SC) e São Felix do Coribe (BA) e no Distrito Federal. Estão para ser formados em São Paulo, no bairro Vargem Grande, em Salvador, Rio de Janeiro e Pernambuco.

Está na ordem do dia que a esquerda, partidos políticos, sindicatos e ativistas saiam as ruas e aos bairros pobres para organizar o povo e derrotar a política genocida de Bolsonaro e da direita, como dos governos de Doria, Witzel, Zema e outros elementos da escória golpista.

Leia Também  Manifestações e atividades locais preparam ato nacional do dia 13

Veja as imagens dos mutirões abaixo:

Imagens 1, 2 e 3: mutirão realizado na cidade de São Paulo, no bairro Vargem Grande.

 

Imagem 4 e 5: Mutirão realizado no Distrito Federal.

                     

Imagem: 6 e 7: Mutirão realizado em Curitiba e Paranaguá (PR).

                       

Imagens 8 e 9: Mutirão realizado no bairro Pernambués, em Salvador (BA).

                     

Imagens 10 e 11: reunião do Conselho Popular de São Félix do Coribe (BA).

                                             

Imagens 12 e 13: Mutirões realizados em Porto Seguro (BA), no Bairro Santiago e Coração de Maria (BA).

 

Imagens 14 e 15: Mutirão realizado na cidade de Embu das Artes (SP).

 



1 Share
Share via
Copy link