Frear a ofensiva da direita

Une-batalha-1-1-1024x768

A situação política brasileira está indefinida, Bolsonaro foi eleito mas isto não significa que a extrema-direita e os setores militares tenham total controle sobre a política brasileira.

O governo é em grande medida um governo improvisado, sem coesão interna, já mergulhado em escândalos, caótico. Isso faz com que mesmo tendo ganho a eleição, a eleição não seja uma vitória decisiva, ainda que seja uma vitória, da burguesia sobre os setores populares.

A situação terá de ser definida nas ruas.

A extrema-direita, entusiasmada com a vitória de Bolsonaro, e se aproveitando da campanha de pavor promovida durante as eleições, está organizando uma ofensiva contra a população. Projetos como o escola sem partido, incêndios e outros ataques organizações operárias, assassinatos, ameaças de morte, censura estatal, assédio a lideranças esquerdistas por meio de organizações paramilitares, isso foi tudo feito pela extrema-direita nos últimos 30 dias.

Se for permitido que eles continuem com esta campanha de caráter classicamente fascista, a situação no Brasil se inclinará fortemente para a direita. No entanto, esta não é a única corrente que estamos vendo.

A direita, descuidada, mostrou no Consulado de Cuba que não é uma força preparada, que não está organizada para enfrentar em combate a força da esquerda organizada, e correram. Esse acontecimento rapidamente se repetiu no consulado da Venezuela, onde eles marcaram um ato de provocação, mas nem apareceram, vendo que a esquerda estava presente.

Na sede da UNE, a direita organizou um terceiro ato e saiu derrotada também pela força da mobilização dos estudantes e trabalhadores. No mesmo dia, o youtuber mamãe falei, atual deputado estadual, teve de sair escoltado após tentar realizar  uma provocação em manifestação na USP, no Largo São Francisco.

A direita sofreu quatro derrotas em quatro dias, isso aponta uma outra tendência: se enfrentar a direita, ela cai. Eles perderam espaço nestes quatro enfrentamentos, tem que continuar assim, é preciso generalizar esta reação, frear a ofensiva da direita e montar uma contraofensiva, de modo a derrotá-los definitivamente.