Menu da Rede

PSDB vai à manifestação e manda a polícia reprimir a esquerda

Nada de "operativas"

Organização dos atos deve ser democrática

Para impedir que o movimento seja cooptado pela direita é preciso democratizá-lo o máximo possível, evitando que fique na mão de alguns malandros políticos

Ato do dia 19 de junho contra Bolsonaro na Avenida Paulista, São Paulo – PAULO PINTO / AFP

Redação do DCO

Henrique Simonard

Deixar um intervalo de 40 dias entre os atos foi um verdadeiro atentado contra as mobilizações que vêm acontecendo. A decisão foi tomada pela “operativa” que, em tese, deveria ser um grupo para organizar as questões práticas do movimento, mas, na prática, opera de maneira obscura de modo que a militância não saiba a quem reclamar na hora que decisões quase criminosas como estas são tomadas.

O movimento está refém dessa operativa cujos integrantes ninguém conhece. Esperar-se-ia que o PT seria o principal partido integrando a coordenação dos atos, haja em vista o tamanho que o partido tem, o que legitimaria o Partido dos Trabalhadores para ter o maior peso na hora de tomar decisões. Contudo, da maneira como está organizado neste momento, são elementos desconhecidos que decidem os rumos dos atos, ou elementos aliados à direita, como Guilherme Boulos, que não queria que os atos acontecessem.

A coordenação deve ser pública, conhecida, assim como suas ações. Ela deve organizar plenárias abertas, ter um fórum que permita ao operário e ao sem terra participarem de fato. A esquerda pequeno-burguesa, como o PSOL e o PCdoB, adora dizer que “precisamos voltar às bases” e “furar a bolha”, mas não vai ser permitindo a entrada dos elementos direitistas da frente ampla e coordenando as mobilizações de forma oculta que isso vai acontecer.

Para que o movimento seja grande e tenha êxito em derrubar o governo Bolsonaro sem depender dos parlamentares é preciso que ele seja popular e democrático, caso o contrário o movimento vai ser facilmente cooptado pela direita e usado para lançar a candidatura da direita falida, agora batizada de terceira via. Nesse sentido é preciso que seja construído até a base, com órgãos que organizem as bases localmente, como Comitês de Luta, por exemplo. Nas cidades, nos sindicatos, ou até mesmo nos bairros e nas ruas, é preciso formar esses comitês. Desse modo o movimento consegue ter uma penetração real na população e torna-se impermeável à penetração de elementos golpistas que chegam para dirigir o movimento colocados pela burguesia e a mando dela.

Algumas pessoas ficam confusas quanto à participação desses elementos nas manifestações, não seria melhor ter mais gente? A essas pessoas é preciso perguntar em que elementos como Ciro Gomes, Joice Hasselmann, Wesley Teixeira, em suma, golpistas, têm a acrescentar às manifestações? Não somente sempre foram contra como também continuam em não contribuir em nada para elas; não levam ninguém. Apenas aderiram agora que a coisa tomou proporções colossais e estar do outro lado pode significar suicídio político. Querem trazer o verde-amarelo e expulsar a esquerda.

Por isso é preciso que o movimento seja democrático com o povo e não com os golpistas, inimigos da democracia e das mobilizações. Precisamos estabelecer uma liderança clara do movimento a quem seja possível reclamar e que preste conta de suas ações para a população. Desse modo é que derrotaremos Bolsonaro e poderemos estabelecer um governo dos trabalhadores.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.