Operários do Sindicato dos Vidreiros de SP paralisam fábrica contra terceirização e más condições

cut

Da redação – Na madrugada desta quinta-feira (10), o Sindicato dos Vidreiros de São Paulo junto aos trabalhadores da indústria de vidros Owens Illinois, na zona leste de São Paulo, realizaram uma manifestação contra as terceirizações e a precarização que têm ocorrido na empresa e foram recebidos pela Polícia Militar, que tentou impedir a ação.

Mesmo com a intimidação policial, os grandes defensores dos patrões contra a classe trabalhadora, o ato teve a adesão dos trabalhadores, que permaneceram na rua, atrasando o início da produção da empresa. Funcionários que já estavam dentro da fábrica, ao tomarem conhecimento do ato e da presença policial, também saíram para se unir aos demais companheiros.