Operários da Renault em greve: continuar até derrubar o governo Macron!

62398.HR

Da redação – Atendendo ao chamado da CGT, os operários da fábrica de carros Renault entraram em greve, exigindo aumento salarial. Fica claro que a crise do governo francês só faz aumentar.

A participação da classe operária nas manifestações contra Macron podem ser definitivas para derrubar o governo e derrotar a política neoliberal. É preciso manter as mobilizações e greves até o fim!