Operários da Ford no ABC criam comitê de luta pela liberdade de Lula

Ford-ABC-JPEG-502x330

Milhares de operários da Ford, reunidos em assembleia, na manhã desta quinta feira (19), para discutir a definição da campanha salarial e a situação política nacional, deliberaram pela criação do Comitê de Base pela Liberdade de Lula. A formação do primeiro comitê operário de pela libertação do ex-presidente é  uma ação de suma importância para a luta contra o golpe

O comitê formado tem por objetivo, conforme deliberado na assembleia, organizar a mobilização pela libertação do ex-presidente na região do ABC, bem como apoiar o acampamento Lula livre em Curitiba. Segundo Paulo Cayres, presidente da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM-CUT) o objetivo do comitê é organizar ações em defesa do ex-presidente e esclarecer a sociedade do que está por trás da prisão injusta de Lula, primeiro operário a ser eleito presidente da República.

E completou: “os trabalhadores mostram que tem lado e que Lula é o favorito para eles nas eleições à presidência deste ano, como também mostram pesquisas atuais no Brasil. Eles demonstram total apoio ao ex-presidente e São claros em dizer que desacreditam do judiciário brasileiro que condenam sem provas um inocente” .

E esse é um passo fundamental para o desenvolvimento da luta com o golpe e é necessário desenvolvê-lo com a criação de comitês pela libertação de Lula e contra o golpe em todas as fábricas, em cada sindicato. Somente a força do movimento operário organizado e aliança com os movimentos camponês e popular, arrastando consigo todos os demais setores oprimidos, podem fazer frente ao golpe de Estado, orquestrado fora do país, libertar Lula de seus algozes golpistas e derrotar o golpe e os os golpistas.

A criação de um comitê operário foi um importante primeiro passo para a consolidação de uma verdadeira mobilização revolucionária das massas co terá o golpe, com a criação de milhares de comitês operários, populares e camponeses capazes de realizá ampla campanha de agitação e propaganda contra o golpe e pela libertação do ex-presidente bem como mobilizar para grandes atos com presença massiva dos operários rumo a uma greve geral de fato por tempo indeterminado contar golpe.

Essa é a tarefa, milhares de comitês operários, camponeses e populares por todo o país, realizar grandes atos exigindo a liberação imediata do do ex-presidente  Lula e o fim do golpe de Estado, com a anulação do impeachment e a revogação de toda as medidas reacionária do governo golpista.